7 de mar de 2010

O ATOR

há uma dor dentro de mim.
de uma intensidade, que beira a loucura.

há um furor dentro de mim.
de uma densidade, que beira a loucura

há um trator dentro de mim.
de uma voracidade, que beira a loucura.

há um amor dentro de mim.
de tanta verdade, que beira a loucura.

há um ator dentro de mim.

Nenhum comentário: